top of page

Todos os Cuidados de Segurança Fotovoltaico Pós-Instalação

Temos que ter cuidados com o sistema fotovoltaico, é essencial para que se garanta a vida útil de todos os equipamentos.


Além disso, a energia solar é uma fonte de energia alternativa cheia de facilidades, viável, econômica e com vantagens para “dar e vender”.



Contudo, será que só resta aguardar o retorno do investimento e se livrar das preocupações com o preço pago todo mês à concessionária?


A resposta é não!


Vou explicar o “por que”!


Outras etapas do processo são extremamente relevantes, como é o caso da “pós-instalação”, onde a atenção ao sistema e aos seus componentes garantem o alto nível de eficiência e a vida útil longa dos equipamentos.


Veja os cuidados que você tem que tomar com o sistema fotovoltaico pós-instalação


1 – Acompanhe a geração de energia


Os próprios inversores possuem um visor onde é possível acompanhar a geração de seu sistema solar fotovoltaico.


Em contrapartida, esse acompanhamento também pode ser feito remotamente por meio de um componente específico, o sistema de monitoramento.


2 – Fique de olho na conta de luz


Acompanhar a geração de seu sistema solar é muito importante, mas melhor ainda é receber a conta de energia apenas com a taxa mínima sendo cobrada.


Portanto, por ser um modelo ainda muito novo para as concessionárias de energia, muitas, ainda possuem dificuldade para realizar a leitura ou emitir faturas para consumidores com geração própria.


Dessa forma, recomendamos que você confira se a conta de energia está realmente descontando de maneira correta, o que o sistema fotovoltaico está gerando.


3 – Mantenha seu nível de consumo


Quando você instala um sistema fotovoltaico, o primeiro item a se preocupar é o consumo de energia do local que deve ser abatido.


Lembre-se, contudo, que seu sistema fotovoltaico foi projetado para um determinado nível de consumo.


Sendo assim, se este for superior ao produzido/consumido, será cobrado na conta de energia.


Nesse sentido, se o seu sistema foi dimensionado para um nível de consumo maior que o de costume, tudo bem gastar um pouco a mais do que o habitual.


Seja como for, não exagere!


Esteja ciente de que a qualquer momento, você ainda pode ampliar seu sistema para atender a necessidade atual ou futura.


O sistema solar fotovoltaico é modular e de fácil instalação, por isso se você tiver espaço em seu telhado basta adicionar módulos ao seu sistema já existente.


4 – A limpeza como aliada da eficiência


O quesito limpeza é um dos pontos mais relevantes quando se trata de eficiência de um sistema fotovoltaico.


Em outras palavras, uma pequena camada de sujeira ou até mesmo poeira pode comprometer o desempenho dos módulos.



Do mesmo modo, atenção com a água!


Além da direção, ao dimensionar o sistema, também é super importante pensar na inclinação dos módulos.


Se esse cálculo for errado, não irá gerar nenhum problema em si para o sistema, mas, é preciso ficar atento para não ocorrer acúmulo de água na superfície do módulo.


Por outro lado, se isto acontecer, pode haver interferência na incidência da luz solar, prejudicando a produção de energia do equipamento.


5 – Tem sombra no seu módulo? Fique atento!


Ao instalar o sistema fotovoltaico, deve – se sempre estar atento a eventuais sombras que venham a obstruir a luz solar nos módulos do sistema.


Pois, no momento da instalação pode não haver nada que atrapalhe, contudo com o tempo, árvores crescem ou novos prédios podem ser construídos, por exemplo.


Sendo assim, isto prejudica a quantidade de irradiação recebida pelos módulos, diminuindo o nível de energia gerada.


Como resultado, isso pode danificar o painel permanentemente.


Portanto, uma boa forma de resolver o assunto é a poda frequente de árvores ou a mudança de local dos módulos.



6 – Não deixe de realizar manutenções periódicas


O sistema fotovoltaico não exige muitos cuidados, porém é sempre aconselhável realizar algumas manutenções de forma periódica.


Sugerimos que a cada 6 meses ou pelo menos uma vez ao ano, seja realizada uma limpeza nos módulos fotovoltaicos e conferida a ligação dos cabos, de forma preventiva, para assim evitar dores de cabeça no futuro.


Em conclusão, é sempre bom lembrar da importância de contratar uma empresa/profissional capacitado.


Pois, como você pode ver, são muitos fatores a serem analisados, e cuidados a serem tomados não só depois, mas antes mesmo de se instalar um sistema de energia solar.



Sob o mesmo ponto de vista, não arrisque chamando pessoas que não entendem sobre sistemas solares ou que não trabalham no segmento.


Você pode correr um risco sério de danificar os equipamentos e além disso comprometer até a sua segurança, caso as normas técnicas não sejam seguidas.


Uma pesquisa recente realizada pelo Ibope Inteligência e encomendada pela Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (Abraceel), ouviu pessoas de todo país e, revelou que 9 em cada 10 brasileiros querem gerar sua própria energia limpa e barata.


Ou seja, as pessoas do nosso país estão cada vez mais interessadas em sustentabilidade e em gerar sua própria energia, assim alcançando a tão sonhada independência energética.


Em outras palavras, conforme essa demanda aumenta, a mão de obra especializada também!


China, Brasil, Estados Unidos, Índia, Alemanha e Japão possuem 90% dos empregos de energia fotovoltaica do mundo, segundo a IRENA (Agência Internacional de Energia Renovável).


Nesse sentido, segundo estudo divulgado pela Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), só o Brasil, poderá gerar mais de 672 mil novos empregos, até 2035!


Está esperando o que para entrar no setor que mais gera empregos no brasil (e no mundo)? Conheça nossa plataforma e inicie sua capacitação agora mesmo!



bottom of page