top of page

Sudeste e Centro-Oeste já têm GD Solar em Todos os Municípios

Em todo o Brasil, menos de 50 cidades ainda não possuem nenhum sistema FV instalado no segmento


As regiões Sudeste e Centro-Oeste do Brasil já contam com ao menos um sistema de energia solar instalado no segmento de GD (geração distribuída) em todos os seus respectivos municípios.


Imagem: Divulgação


É o que aponta um levantamento realizado pelo Canal Solar, com dados da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica).


Na região Sudeste – conhecida por sua força econômica e suas grandes cidades – estão localizados os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo, que somam mais de 572,5 mil conexões em 1.668 cidades.


A capital carioca é a que registra o maior volume de conexões (14.977), seguida por Uberlândia (MG); Belo Horizonte (ME) e São Paulo (SP), com 12.102; 8545 e 8.066 sistemas, respectivamente.


As cidades da região Sudeste com menor quantidade de sistemas instalados têm todas elas apenas uma conexão realizada até o momento. São elas: Arapeí (SP); Barra do Chapéu (SP); Iporanga (SP); Itapirapuã Paulista (SP) e São Sebastião do Rio Preto (MG).


Já os números da região Centro-Oeste, formada pelos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás, além do Distrito Federal, contam hoje com 196,5 mil sistemas fotovoltaicos instalados em 466 cidades.


Na região, enquanto Campo Grande (MS); Cuiabá (MT), Brasília (DF) e Goiânia (GO) são os municípios com mais sistemas acoplados à rede de transmissão, a localidade de Buritinópolis (GO) é a que apresenta a menor quantidade, com apenas dois sistemas.


Imagem: Divulgação


De acordo com a ANEEL, em Campo Grande já são pouco mais de 16 mil sistemas instalados. Já Cuiabá, Brasília e Goiânia possuem 14.614; 12.050 e 11.534 conexões, respectivamente.


Distribuição por regiões


Os números da ANEEL mostram que o território brasileiro possui 5.569 municípios, dos quais 48 ainda não usufruem dos benefícios da fonte solar no segmento de GD.


Além das regiões Sudeste e Centro-Oeste, a região Sul é a que mais se aproxima de ter 100% de seus municípios com ao menos um sistema solar no segmento de micro e minigeração distribuída.


Atualmente, apenas duas das 1.191 cidades ainda não possuem conexões: Matos Costa e Balneário Rincão, ambas no estado de Santa Catarina.


No Nordeste, 11 dos 1.794 municípios não possuem sistemas fotovoltaicos instalados. Destas, quatro estão no Piauí; três no Maranhão, duas na Paraíba; uma no Rio Grande do Norte e mais uma no Sergipe.


Já a região Norte é a que apresenta os números menos positivos da GD solar no Brasil, com 35 municípios sem energia solar no segmento de micro e minigeração distribuída. O destaque negativo fica por conta do Amazonas, que ainda tem 24 cidades sem o uso da fonte.


Fonte: G1

bottom of page