top of page

Saiba o que é Preciso para Trabalhar com Segurança no Trabalho

A Segurança no Trabalho é a área responsável por garantir a integridade física e mental dos trabalhadores. Isso significa proporcionar um ambiente adequado, evitar acidentes e qualquer tipo de lesão.

 

Todo ambiente de trabalho oferece riscos para a saúde dos trabalhadores


Dependendo da atividade, esses riscos podem ser bastante graves e, portanto, devem ser evitados ao máximo.

 

Imagem: Divulgação


Diante disso, em 1978 o Ministério do Trabalho criou Normas Regulamentadoras (NRs) de Segurança e Medicina do Trabalho.

 

A função do profissional de Segurança no Trabalho é fazer com que essas normas sejam cumpridas dentro das organizações e dos diversos ambientes laborais.

 

Ao mesmo tempo, realiza diversos esforços para oferecer as melhores condições para os trabalhadores.

 

Segurança no Trabalho: 7 opções de atuação


Os profissionais da área possuem um campo de atuação bastante amplo.

 

Isso porque todos os ambientes de trabalho precisam contar com as devidas ações corretivas e preventivas para garantir o bem-estar dos colaboradores.

 

Portanto, o que muda em relação aos diferentes setores são as exigências, que dependem das atividades exercidas em cada local.

 

Saiba que esses profissionais não precisam ficar restritos a uma única área. É possível transitar entre elas desde que possuam os conhecimentos necessários.

 

Imagem: Divulgação


Veja quais são as principais áreas de atuação:

 

1. Empresas privadas


É importante para qualquer empresa contar com alguém capacitado em segurança do trabalho.

 

Afinal, é ele quem verifica se os equipamentos foram instalados corretamente e se a empresa segue as medidas adequadas de prevenção a acidentes.

 

Trata-se, portanto, de uma garantia a mais para a organização em relação à segurança. Além disso, a presença desse profissional ajuda a companhia a realizar as atividades de forma mais precisa.

 

A vantagem também está ligada a fatores econômicos. Quando a empresa investe em medidas de segurança, os gastos que podem ser gerados pelos acidentes de trabalho diminuem.

 

2. Indústrias


A Segurança no Trabalho é essencial em indústrias de todos os tipos!

 

Nos ambientes de fábrica, os funcionários têm contato direto com máquinas e equipamentos pesados.


O uso desses maquinários pode causar acidentes graves e, dependendo do caso, até levar à morte.


É claro que as indústrias querem evitar ao máximo que seus colaboradores sejam lesionados.

 

Para isso, os profissionais de segurança do trabalho verificam se os equipamentos seguem os padrões, analisa a toxicidade dos materiais usados, controla a temperatura do ambiente, se a empresa oferece treinamentos aos operadores de máquinas, entre outras atividades fundamentais para a segurança no trabalho.

 

3. Órgãos governamentais


Assim como nas organizações privadas, os órgãos do governo também demandam especialistas em Segurança no Trabalho.

 

São eles os responsáveis por dar as instruções necessárias para os servidores públicos evitarem doenças e acidentes causados pelo trabalho.


Dessa forma, também colabora para a prestação de serviço nesses órgãos.

 

Apesar de ser considerado um investimento, sobretudo nos períodos em que o orçamento está curto, a atuação de um profissional de segurança do trabalho é fundamental.


Isso porque a redução de licenças por acidente de trabalho também contribui para fechar as contas do governo.

 

4. Hospitais


Tanto em hospitais, quanto em unidades básicas de saúde, os funcionários precisam manusear equipamentos e instrumentos variados, portanto, também oferece riscos de acidentes.

 

No entanto, o mais grave dos problemas a serem evitados é a contaminação. Por isso, a presença de especialistas em Segurança no Trabalho é fundamental.


Eles oferecem as orientações em relação às práticas adequadas para evitar contaminações, assim como o descarte correto dos instrumentos utilizados que podem estar contaminados.

 

5. Trabalhos em altura


Quando se trata de trabalhos em altura, os riscos de acidentes são mais evidentes. O uso incorreto dos equipamentos de segurança pode causar quedas graves e até mesmo fatais para o funcionário.

 

Boa parte desses acidentes são evitados quando um profissional de segurança do trabalho atua no local.


Além de garantir o uso correto dos equipamentos, ele verifica se os mesmo estão conservados, se os funcionários estão, de fato, aptos a fazer o trabalho e toma todas as precauções necessárias.

 

6. Construção civil


A área de construção civil também contrata profissionais capacitados para assegurar o bem-estar de todos os que trabalham nos canteiros de obra.

 

Isso porque é no setor da construção que acontece a maior parte dos acidentes de trabalho, incluindo os mais letais.


Por isso, os esforços para seguir as normas de segurança são tão importantes.

 

Quem atua nessa área fica responsável por garantir que todos utilizem as ferramentas corretamente e usem os equipamentos de segurança individuais para evitar quedas, choques elétricos, doenças de pele, entre outros problemas derivados dessa área de atuação.

 

7. Agropecuária


Até mesmo o setor agropecuário tem requisitado cada vez mais profissionais de Segurança no Trabalho.


Com o aumento no uso de máquinas para colheita e plantação, é preciso que os funcionários saibam operá-las de forma segura.

 

Como você deve saber, os agrotóxicos são bastante usados em diversas plantações. Existem orientações, roupas e protetores a fim de evitar contaminação e intoxicações por conta desse agentes.

 


Ainda, por ser uma atividade exercida a céu aberto, os trabalhadores ficam expostos aos danos causados pelo sol.


Para evitá-los, eles precisam conhecer os meios corretos de proteção.


Comments


bottom of page