Qual a importância de manter suas placas sempre limpas?

O principal objetivo de quem decide instalar um sistema alternativo de captação de energia — como a solar — é diminuir os gastos excessivos com a conta de energia. Contudo, muitas pessoas pensam que apenas tê-lo instalado já é suficiente e acabam negligenciando a limpeza de placas solares.


Imagem: limpasolar.com


O problema é que, segundo dados do National Renewable Energy Laboratory (NREL) dos Estados Unidos, quando sujas essas placas perdem cerca de 30% de sua eficiência. E, se a sujeira estiver bem sedimentada, essa perda energética pode chegar a 100%.


Afinal, por que isso acontece? Como fazer essa manutenção? Continue conosco e entenda tudo sobre o assunto!


Por que limpar as placas solares regularmente?


Placas solares estão constantemente expostas a intempéries e fatores ambientais que podem obstruir a incidência de luz solar no painel fotovoltaico.


Entre esses fatores estão a poeira, as folhas e a seiva de árvores, os excrementos de pássaros e, principalmente, a fuligem da poluição.



Mesmo uma camada fina dessas sujeiras já interfere na absorção da radiação, o que leva, invariavelmente, à perda na produção de energia pela placa solar.


Quanto mais tempo passa, mais a sujidade se deposita e, como consequência, menos econômico o sistema se torna.


Depois de um longo período sem manutenção e limpeza, você pode imaginar como seu investimento na instalação das placas solares não trará o retorno esperado, não é mesmo?


Em grandes cidades, por exemplo, cuja produção de poluição atmosférica é significativa, os painéis acumulam sujeira em menos de 1 ano.


Por todas essas razões, é fundamental fazer a limpeza periódica das placas solares. Um painel livre é o que garante a boa captação de luz solar e a eficiência do sistema.



Como fazer essa manutenção e limpeza das placas solares?


Normalmente, a frequência com que se faz a limpeza dos painéis solares é estabelecida de acordo com o clima da região onde eles estão instalados.


Isso porque uma chuva forte pode limpar de maneira satisfatória as placas, mas esperar que essa ajuda caia sempre dos céus é perda de dinheiro, concorda?


Principalmente em regiões que não recebem pluviosidade intensa o suficiente para remover toda a sujidade.


Em cidades maiores, a poluição é implacável e precisa ser retirada. No campo há menos poluição, em contrapartida, há bastante poeira produzida.


Por isso, recomendamos que a limpeza de placas solares seja feita de 6 em 6 meses.


A seguir, vejamos algumas dicas práticas sobre o processo.


Use equipamentos adequados


Antes de tudo, desligue o sistema. Use apenas água para limpar os painéis, deixando-a escorrer de cima para baixo.


Imagem: Divulgação


Caso precise remover alguma sujeira mais sedimentada, use uma escova de cerdas macias, uma esponja ou um pano macio.


É importante ter cuidado com isso, pois riscos na superfície das placas também reduzem a eficiência do sistema. Então, nada de produtos abrasivos!


Escolha a melhor hora do dia


Prefira limpar os painéis no início da manhã ou à noite, pois o calor forte evapora a água rapidamente, dificultando a limpeza.


Além disso, procure fazer a manutenção em dias nublados e nas horas menos quentes, pois o choque térmico da água fria com o painel quente pode prejudicar as placas solares.


Preze pela sua segurança


Sempre use equipamentos de segurança pessoal caso precise subir no telhado para fazer a manutenção do sistema. Se possível, recorra ao uso de um cabo extensível ou de uma vassoura para fazer isso.


Contrate uma empresa especializada


O mais indicado é contratar uma empresa especializada no ramo para fazer a limpeza das placas solares.


Isso porque, dependendo do lugar em que os painéis estão instalados e do seu número, é simplesmente inviável fazer uma manutenção adequada sozinho.


Além disso, os especialistas têm sistemas de segurança próprios para isso e ainda aproveitam para procurar eventuais falhas no sistema durante o processo.


Imagem: Divulgação


O sistema de captação de energia solar é um dos mais econômicos e sustentáveis disponíveis hoje no mercado.


Contudo, para que a sua máxima eficiência seja garantida, sem resultar em prejuízos, é de extrema importância fazer a limpeza de placas solares com regularidade.


Então, gostou da leitura? Se o nosso artigo foi esclarecedor para você, compartilhe-o agora nas suas redes sociais e dissemine esse conhecimento entre os seus contatos, para que eles também fiquem informados!


Fonte: www.limpasolar.com.br