Por que é importante conhecer como é feita manutenção de placas solares

Descubra qual a relevância de manter em dia a manutenção de placas solares para ter um melhor desempenho do sistema!



Você sabia que realizar a manutenção de placas solares é fundamental para aumentar a vida útil dos painéis?


Para isso, é preciso planejar como será feita a conservação do equipamento para minimizar os custos e evitar potenciais falhas.


A limpeza pode ser feita por uma empresa especializada em assistência técnica ou até mesmo pelo usuário dos painéis solares.


Nesse caso, é essencial verificar se a geração de energia está correta e se apresenta algum tipo de alteração de potência.


Acompanhe a seguir e entenda por que é importante realizar a manutenção de placas solares, como é feita e como isso pode ajudar na venda das placas fotovoltaicas. Confira!


Por que a manutenção de painel solar é importante?



Os sistemas de energia solar instalados em casas e edifícios exigem pouca manutenção. No entanto, esse cuidado é muito importante, pois as placas ficam constantemente sujeitas à poeira e à poluição, sobretudo em grandes centros urbanos.


Em algumas regiões onde chove muito, por exemplo, a água da chuva pode trazer dejetos e sujeiras que dificultam a correta captação da energia solar.


Por isso, é recomendado que o usuário cheque e faça a limpeza periódica do sistema de uma a duas vezes ao ano.


Existem empresas e profissionais especializados que já estão acostumados a realizar o serviço, pois conhecem o procedimento e sabem quais os materiais e produtos mais adequados para a manutenção que não danificam os painéis.


Assim, para garantir a potência na captação da fonte de energia e a durabilidade dos módulos, é essencial verificar com frequência o estado do sistema fotovoltaico.


Como é feita a manutenção da placa solar?



Em comparação com outras tecnologias de geração de energia elétrica, as placas solares exigem uma manutenção simples e periódica para que seu desempenho e vida útil não sejam prejudicados.


Os fornecedores do sistema podem realizar o acompanhamento, mas, em alguns casos, o próprio usuário pode realizar a limpeza por meio de instruções.


Existem três tipos de manutenções simples que podem ser feitas para manter o potencial dos painéis: a preditiva, a preventiva e a corretiva.


Na manutenção preditiva, é preciso observar se as placas apresentam arranhões, rachaduras ou sinais de quebra do painel.


Já a preventiva consiste em realizar a limpeza para evitar perdas de eficiência do módulo, retirando camadas de sujeira, poeira ou folhas das árvores.


A manutenção corretiva é feita pela assistência técnica da empresa fornecedora dos painéis solares.


Ela é ideal para quando o usuário percebe a redução no desempenho e está tendo problemas com o sistema de energia solar fotovoltaico.


Qual é a periodicidade para essa manutenção?



O planejamento da manutenção do sistema solar fotovoltaico e de sua frequência é determinado por diversos fatores, como condições ambientais do local de instalação, termos de garantia, tecnologia selecionada e eventuais variações sazonais.


Em geral, os fabricantes apresentam as recomendações adequadas sobre a periodicidade da limpeza.


O ideal é que o usuário avalie, a cada 6 meses, o potencial de geração de energia das placas.


A depender do local, se apresenta muita poeira e poluição, a limpeza deve ser feita ao menos duas vezes ao ano.


Em alguns casos, dependendo do ambiente, a manutenção deve ser realizada a cada três meses.


Antes do processo de limpeza, é preciso fazer uma inspeção geral dos módulos para encontrar possíveis danos, como rachaduras e conexões soltas.


O horário mais adequado para a manutenção é no início da manhã ou no final da tarde, quando os módulos apresentam menor temperatura em sua superfície.


Quais são os procedimentos realizados?



É recomendado que o usuário contrate uma assistência técnica para realizar a limpeza das placas solares da melhor forma.


Os profissionais podem usar panos macios e esponjas para a limpeza. É importante evitar qualquer tipo de material corrosivo e objetos rígidos que danifiquem a estrutura.


Ferramentas de metal, como lâminas e facas, por exemplo, devem ser evitadas ao máximo.


A água também não pode conter alto teor de minerais ou soluções corrosivas que tenham ácido hidrofluorídrico e substâncias alcalinas em sua composição.


O uso de qualquer produto não recomendado pode danificar, manchar ou até mesmo remover por completo a camada de tratamento antirreflexivo do vidro do painel. O resultado pode ser a perda de geração de energia e da garantia do produto.


Para realizar o procedimento, a equipe de assistência técnica deve utilizar equipamentos apropriados, para garantir a segurança dos profissionais.


Em alguns casos, o processo de limpeza é rápido e simples, feito com o auxílio de escada, mangueira com jato de água, rodos e panos.


Como isso pode ajudar na venda de painel solar?



Ao oferecer um serviço especializado para a manutenção das placas solares, os fabricantes podem garantir um funcionamento eficaz do sistema de energia fotovoltaica.


Com isso, é possível reduzir custos com eventuais reparos e, até mesmo, a reposição de peças, o que aumenta o aproveitamento da energia solar e amplia a vida útil do sistema.


Inclusive, ao manter ações de limpeza e inspeções periódicas, o valor de manutenção pode ser praticamente nulo. O procedimento é eventual e muito simples de ser realizado.


<