top of page

Minas Gerais vai Desenvolver Projeto Agrivoltaico

Pesquisas envolvem Cemig, Epamig e CPQD e visam criar combinações de produção de energia solar com agropecuária em mesma área de cultivo.

Um trabalho conjunto de pesquisa e desenvolvimento de projetos agrivoltaicos, que compartilham em mesma área a geração solar fotovoltaica com a produção agropecuária, foi aprovado em edital de chamada pública de projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PDI Aneel) da estatal de energia mineira Cemig.


Imagem: Divulgação


Com investimento total de R$ 10,5 milhões, as pesquisas serão desenvolvidas ao longo de 30 meses e contarão com a participação, além da Cemig, da Epamig - Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais e do CPQD - Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações.


O projeto será conduzido nos campos experimentais da Epamig, de Mocambinho (Cemo) e de Santa Rita (CESR), localizados respectivamente nos municípios de Jaíba e Prudente de Morais, regiões Norte e Centro-Oeste do estado.


O método de pesquisa contará com três instalações agrivoltaicas para permitir a realização de análises comparativas.


O objetivo é determinar quais serão as combinações de modelos de módulos e as melhores culturas para aumentar a produtividade global das atividades.


Como meta, a ideia é permitir que as produções de energia e agropecuária sejam na mesma área de cultivo para ampliar o valor de uso do solo.


Na fase inicial, serão instaladas unidades pilotos para testar culturas variadas em diversos arranjos até se chegar a tecnologias adaptadas às condições de clima e solo.


Após isso, essas tecnologias devem ser transferidas a agricultores das diferentes microrregiões de Minas Gerais, segundo afirmou o diretor de operações técnicas da Epamig e um dos coordenadores do projeto, Trazilbo de Paula.


“Faremos uma avaliação completa do sistema agrivoltaico customizado para Minas Gerais, envolvendo aspectos técnicos, regulatórios, econômico-financeiros, sob as perspectivas do produtor rural, da distribuidora de energia e do provedor da solução do sistema integrado”, disse o gerente comercial do CPQD, Carlos Alberto Previdelli.


Fonte: Fotovolt


Comments


bottom of page