top of page

Limpe as Placas Solares Regularmente na Limpa Solar

Placas solares estão constantemente expostas a intempéries e fatores ambientais que podem obstruir a incidência de luz solar no painel fotovoltaico.


Entre esses fatores estão a poeira, as folhas e a seiva de árvores, os excrementos de pássaros e, principalmente, a fuligem da poluição.



Mesmo uma camada fina dessas sujeiras já interfere na absorção da radiação, o que leva, invariavelmente, à perda na produção de energia pela placa solar.


Quanto mais tempo passa, mais a sujidade se deposita e, como consequência, menos econômico o sistema se torna.


Depois de um longo período sem manutenção e limpeza, você pode imaginar como seu investimento na instalação das placas solares não trará o retorno esperado, não é mesmo?


Em grandes cidades, por exemplo, cuja produção de poluição atmosférica é significativa, os painéis acumulam sujeira em menos de 1 ano.


Por todas essas razões, é fundamental fazer a limpeza periódica das placas solares. Um painel livre é o que garante a boa captação de luz solar e a eficiência do sistema.


Como fazer essa manutenção e limpeza das placas solares?


Normalmente, a frequência com que se faz a limpeza dos painéis solares é estabelecida de acordo com o clima da região onde eles estão instalados.



Isso porque uma chuva forte pode limpar de maneira satisfatória as placas, mas esperar que essa ajuda caia sempre dos céus é perda de dinheiro, concorda?


Principalmente em regiões que não recebem pluviosidade intensa o suficiente para remover toda a sujidade.


Em cidades maiores, a poluição é implacável e precisa ser retirada. No campo há menos poluição, em contrapartida, há bastante poeira produzida.


Por isso, recomendamos que a limpeza de placas solares seja feita de 6 em 6 meses.


Por que limpar as placas solares regularmente?


Use equipamentos adequados


Antes de tudo, desligue o sistema. Use apenas água para limpar os painéis, deixando-a escorrer de cima para baixo.


Caso precise remover alguma sujeira mais sedimentada, use uma escova de cerdas macias, uma esponja ou um pano macio.


É importante ter cuidado com isso, pois riscos na superfície das placas também reduzem a eficiência do sistema. Então, nada de produtos abrasivos!


Escolha a melhor hora do dia


Prefira limpar os painéis no início da manhã ou à noite, pois o calor forte evapora a água rapidamente, dificultando a limpeza.


Além disso, procure fazer a manutenção em dias nublados e nas horas menos quentes, pois o choque térmico da água fria com o painel quente pode prejudicar as placas solares.


Preze pela sua segurança


Sempre use equipamentos de segurança pessoal caso precise subir no telhado para fazer a manutenção do sistema.


Imagem: limpasolar.com - Três Marias Minas Gerais


Se possível, recorra ao uso de um cabo extensível ou de uma vassoura para fazer isso.


Contrate uma empresa especializada


O mais indicado é contratar a Limpa Solar que é uma empresa especializada no ramo para fazer a limpeza das placas solares.


Isso porque, dependendo do lugar em que os painéis estão instalados e do seu número, é simplesmente inviável fazer uma manutenção adequada sozinho.


Além disso, os especialistas têm sistemas de segurança próprios para isso e ainda aproveitam para procurar eventuais falhas no sistema durante o processo.


O sistema de captação de energia solar é um dos mais econômicos e sustentáveis disponíveis hoje no mercado.


Contudo, para que a sua máxima eficiência seja garantida, sem resultar em prejuízos, é de extrema importância fazer a limpeza de placas solares com regularidade.


Painéis solares fotovoltaicos exigem muito pouca manutenção, mas garantir que a superfície da instalação esteja em perfeitas condições não apenas prolongará sua vida útil, mas também melhorará seu desempenho.


De fato, poeira, sujeira, pólen, excrementos de pássaros e folhas podem afetar a produção de energia, portanto, a limpeza regular pode fazer maravilhas para melhorar a eficiência da sua instalação de autoconsumo.


Segundo o Laboratório Nacional de Energias Renováveis dos Estados Unidos (NREL), a perda de eficiência em painéis solares devido a sujeira pode chegar a 25% em alguns casos.


As principais fontes de sujeira sobre as placas solares são a poeira e a fuligem da poluição urbana, que embora possam ser eliminadas naturalmente com uma boa chuva, vão se acumulando durante estações de seca, e principalmente, em regiões com baixo índice pluviométrico.



Os excrementos de pássaros e folhas também são outras fontes de sujeiras que podem impactar a eficiência das placas solares, porém menos frequentes e comuns.


Em casos extremos de sujeira sobre o painel fotovoltaico, isto é, quando a limpeza das placas solares nunca foi realizada, a perda de eficiência pode chegar a 30% ou mais.


De quanto em quanto tempo limpar a placa solar?


A recomendação das fabricantes é que a limpeza das placas solares fotovoltaicas seja feita, no mínimo, uma vez ao ano, mudando para a cada seis meses em locais com poucas chuvas e muita poeira.


No entanto, o ideal é que você mesmo observe as condições do painel e acompanhe regularmente a produção do seu sistema por meio do inversor ou do aplicativo de monitoramento de energia solar.


Se os módulos estiverem muito sujos e a geração do seu sistema apresentar uma queda significativa desde a última manutenção, pode estar na hora de uma nova limpeza do painel solar.


A Limpa Solar oferece um serviço de manutenção preventiva que vai muito além da limpeza dos painéis.



Após a limpeza, os especialistas da Limpa Solar fazem a revisão dos conectores, dos terminais e cabos, medição de resistência de contato, inspeção termográfica, testes de isolamento, entre outros serviços importantes.


O objetivo dessa manutenção preventiva nos painéis solares é preservar a longa vida útil do sistema solar, garantindo que ele produza o máximo de energia possível, maximizando a economia e reduzindo o tempo de retorno do investimento realizado pelo cliente.


Comentarios


bottom of page