top of page

Homem Morre Eletrocutado Durante Instalação de Sistema FV

Instalador, de 28 anos, estava no telhado de um estabelecimento comercial quando foi atingido por uma descarga elétrica


Um homem, de 28 anos, morreu eletrocutado enquanto realizava a instalação de um sistema de energia solar, em Maringá (PR), no começo da tarde desta segunda-feira (9).


Imagem: Divulgação


O homem estava realizando o serviço em cima de um telhado de um estabelecimento comercial quando sofreu uma parada cardiorrespiratória após receber uma descarga elétrica de aproximadamente 700 V, segundo informações do Corpo de Bombeiros.


Os socorristas até tentaram reanimar o homem, mas não obtiveram sucesso. Um caminhão guincho ainda precisou ser usado pelas autoridades para retirar o corpo do alto da obra em construção.


O local foi isolado para realização da perícia e as causas do choque elétrico ainda estão sendo apuradas pela Policia Civil.


Mortes recorrentes


Infelizmente, essa não é a primeira vez que o Canal Solar notícia a história de pessoas que morrem durante a instalação de sistemas de energia solar.


Na grande maioria dos casos, o óbito poderia ter sido evitado caso as normas básicas de segurança (NRs) fossem seguidas.


Na semana passada, por exemplo, um jovem de 17 anos morreu depois de receber uma descarga elétrica em cima do telhado de uma casa em Ariquemes (RO).


A vítima havia subido no telhado para ajudar um amigo a lavar um painel de energia solar, quando acabou pisando em uma calha que estava energizada por um fio desencapado.


Soluções para minimizar que novas mortes viessem a acontecer no Brasil por motivos relacionados a má instalação de sistemas fotovoltaicos ou pela falta de equipamentos de segurança foi, inclusive, motivo de debate na Câmara dos Deputados, em julho do ano passado.


Imagem: Divulgação


Números de acidentes elétricos


O número de acidentes elétricos registrados em 2022 deve aumentar significativamente no fechamento do anuário da ABRACOPEL (Associação Brasileira para a Conscientização dos Perigos com a Eletricidade).


A entidade está na finalização do levantamento, que traz dados anuais sobre o assunto e a expectativa é que os números do ano passado disparem na comparação com os de 2021.


Imagem: Divulgação


De acordo com o último levantamento da entidade, o primeiro semestre de 2022 trouxe números preocupantes, com 949 ocorrências registradas.


Ao todo, foram 384 pessoas mortas entre janeiro e junho do ano passado, sendo a maioria delas (330) causadas por choque elétrico.


Fonte: G1




bottom of page