top of page

Grupo CCR amplia em 36,4% geração solar nas margens das rodovias

As 11 usinas solares da empresa geraram 3,610 mil MWh no ano passado. Meta é ter 100 % do consumo elétrico abastecido por renováveis até 2025.

  

O Grupo CCR, da área de infraestrutura de mobilidade, ampliou em 36,4% a produção própria de energia solar em 2023 para o abastecimento de suas rodovias, na comparação com 2022, alcançando o volume de 3,61 mil MWh.


Imagem: Divulgação


O aumento está em linha com a meta da companhia de ter 100% do consumo de energia elétrica dos seus ativos suprido por fontes renováveis até 2025.

 

Atualmente, a CCR opera 11 usinas solares próximas de suas concessões rodoviárias no Rio de Janeiro e Santa Catarina, que somam 3,1 MWp de capacidade instalada.


Os projetos fornecem energia elétrica para iluminação das vias e operação das praças de pedágio, entre outros usos.

 

Fontes limpas são empregadas também em outros modais operados pelo Grupo CCR. Em mobilidade urbana, os trens e metrôs operados pela companhia já utilizam 95% de energia elétrica de fontes renováveis.


Em nota, a CCR cita estudo realizado pela consultoria WayCarbon, segundo o qual as linhas de trens, metrôs e VLT da companhia evitaram a emissão de mais de 1,5 milhão de toneladas de CO2 nos últimos 13 anos.

 

Para cumprir a meta, a empresa está executando investimentos para ampliar a capacidade instalada do seu parque de geração de energia solar próximo de suas rodovias, além de adquirir certificados de energia renovável de seus fornecedores no mercado livre de energia.

 

 Fonte: Fotovolt

bottom of page