top of page

GreenYellow inaugura UFV para assinatura de energia solar em SP

A oferta do serviço será feita pela Sun Mobi e atenderá consumidores da área de concessão da Elektro.

  

A oferta de serviços de assinatura de energia solar, por meio de geração distribuída compartilhada, tende a se tornar mais comum no estado com maior número de unidades consumidoras do país, São Paulo.


Imagem: Divulgação


Exemplo recente é a inauguração no dia 20 de fevereiro de usina solar fotovoltaica de 5 MW, no município de Américo de Campos, no noroeste paulista, cuja geração será totalmente voltada para o novo tipo de serviço na área de concessão da distribuidora Elektro.

 

O projeto é uma parceria entre a francesa GreenYellow, responsável pelo investimento, implantação e operação da usina, e a Sun Mobi, enertech especializada no serviço de assinatura de energia solar e que se responsabilizará pela gestão, comercialização e relacionamento com clientes.


A oferta visa consumidores residenciais e pequenas e médias empresas de mais de 227 municípios paulistas atendidos pela Elektro.

 

Estão na área de concessão da distribuidora municípios da Grande São Paulo, como  Arujá, Cabreúva, Caieiras, Francisco Morato, Franco da Rocha, Mairiporã e Santa Isabel, além do litoral paulista, em cidades como Bertioga, Guarujá, Itanhaém, Mongaguá, Peruíbe e Ubatuba.


Também podem fazer a assinatura consumidores da região norte do estado, em cidades como Araras, Atibaia, Campos do Jordão, Leme, Limeira, Mogi Guaçu e Rio Claro; da região sul, como Capão Bonito, Piedade, Registro e Tatuí; e na região noroeste, que abrange por exemplo Andradina, Dracena, Fernandópolis, Jales e Votuporanga.

 

O serviço pode ser contratado de forma online, pela plataforma da Sun Mobi. “Esse tipo de contrato de fornecimento de energia solar tem crescido exponencialmente no País, impulsionado pela ausência de necessidade de investimento num sistema próprio de geração de eletricidade no telhado ou num pequeno terreno, além da facilidade do processo de adesão”, disse o sócio da Sun Mobi, Alexandre Bueno.


Fonte: Fotovolt

 

Comments


bottom of page