top of page

Elera Renováveis inaugura maior UFV do Brasil

Sob investimento de R$ 4 bilhões, o complexo solar Janaúba tem 1,2 GWp de potência instalada.

A Elera Renováveis inaugurou oficialmente, no dia 3 de julho, o complexo solar Janaúba, na cidade homônima no norte de Minas Gerais, a 550 km de Belo Horizonte.


Imagem: Divulgação


Com 1,2 GWp de potência, o suficiente para atender a mais de 1 milhão de residências, é atualmente o maior do País e envolveu investimentos de R$ 4 bilhões.


O empreendimento, construído em uma área de 3 mil hectares, conta com 20 parques solares, onde foram instalados 2,2 milhões de módulos solares fotovoltaicos.


Com sua primeira fase de 830 MW já energizada em 2022, o complexo também conta com rastreadores solares da norte-americana Nextracker.


Segundo a Elera, as obras do complexo Janaúba geraram cerca de 11 mil empregos diretos e indiretos, com cerca de 70% da mão de obra contratada entre moradores da região.


Por conta disso, foi necessário promover capacitação profissional e treinamentos para cada demanda durante a obra.


Em solar, a Elera Renováveis já tem em operação a UFV Alex, em Limoeiro do Norte, no Vale do Jaguaribe, no Ceará, com 278 MW de potência instalada.


Além disso, fora do Brasil, conta com o Alto Cielo Solar, no Uruguai, com 26,3 MW, e o Solar Amanecer, no Chile, com 100 MW.


Na sua diversificação para as novas renováveis, já que a empresa originalmente atuava em hídrica, com PCHs, a Elera constrói um parque eólico, o Seridó, de 250 MW, em Parelhas, no Rio Grande do Norte, e já tem mais quatro usinas eólicas em operação no Ceará (Faísa, 136,5 MW), Bahia (Alto Sertão 1, 294 MW), Rio Grande do Norte (Renascença, 120 MW) e Uruguai (Carapé, 95,3 MW).


Fonte: Fotovolt

bottom of page