top of page

EGA entrega módulos fotovoltaicos no destino final com eficiência, agilidade e economia

Com operações logísticas e produtos criativos, empresa garante prazos e menores custos aos clientes.

  

CONTEÚDO DE MARCA

 

O EGA Group, que possui mais de 40 anos de experiência no mercado de Comércio Exterior, Logística Portuária e de Recintos Alfandegados, realizou recentemente duas operações de desenhos logísticos personalizados de módulo solares fotovoltaicos, para diferentes regiões do País, que resultaram em grande economia e agilidade para os clientes importadores, constituindo exemplos perfeitos da atuação da empresa.

 

Imagem: Divulgação


No primeiro caso, que foi uma operação de três meses, movimentaram-se aproximadamente 200 contêineres de 40 pés desde o porto de Santos - SP (terminal da DPW na margem esquerda do estuário) até uma cidade no interior de Pernambuco, a 2.500 km de distância.


O desenho de operação apresentado por toda a concorrência consistia de transporte rodoviário direto, que em média custaria ao importador aproximadamente R$ 28 mil por unidade, além do custo intangível de demurrage (ou de sobreestadia, indenização do importador ao armador por atraso na devolução dos contêineres), caso o desembraço aduaneiro não ocorresse dentro do previsto ou o escoamento não acontecesse no período de free time (prazo entre a descarga do contêiner no porto e a sua devolução ao terminal designado pelo armador).

 

Já a EGA apresentou uma solução que, apesar de mais complexa, configurou a alternativa mais eficiente, em razão da experiência e rotina na gestão operacional desenvolvidas pela empresa. 


Num primeiro momento, realizou a liberação aduaneira no próprio recinto alfandegado operado pela EGA, como NTO (Non terminal Operator), em espações negociados no porto, o que evitou custos de remoção da carga até recintos alfandegados de zona secundária.


A empresa ofereceu ao importador a utilização do EGABOX, produto que garante zero demurrage, pois se o desembraço não ocorrer dentro do free time, a carga é transbordada do contêiner do armador para os próprios contêineres da EGA ali mesmo na DPW.

 

O passo seguinte foi a negociação do transporte de cabotagem após a nacionalização, do porto de Santos até o de Suape, PE, o que evitou o trânsito da carga por estradas, reduzindo riscos de acidentes, otimizando custos com seguros e garantindo um Hub do volume todo a apenas 500 km da planta fotovoltaica destinatária. 


A partir de Suape, a transferência da carga até a planta foi realizada em tempo recorde, à razão de 15 contêineres por dia. E isso tudo com acompanhamento e monitoramento 24 horas e redução de 16% sobre os valores tradicionais de transporte rodoviário no trecho, apresentados no mesmo BID.


Já o transporte parcial por cabotagem deste projeto proporcionou, além de diminuição do tempo de transferência, uma redução de custo total para o cliente de 27% em relação ao transporte rodoviário.

 

O segundo case, uma operação no Espírito Santo, envolveu 160 contêineres de 40 pés do Porto de Vila Velha, ES, até uma planta solar em  Minas Gerais. A EGA ficou encarregada de todo o processo, desde o carregamento até a devolução dos vazios. 


Neste caso, como opera com recintos alfandegados em todo o Brasil, a empresa realizou, com operação própria, a remoção para um CLIA (Centro Logístico Industrial e Aduaneiro) em MG, feito através de DTA – Declaração de Trânsito Aduaneiro, e após a nacionalização no CLIA, a transferência das DIs (Declarações de Importação) para a planta. 


Neste caso, mesmo com uma demora excessiva na liberação documental junto à Receita Federal (situação entre cliente e despachante), o custo de demurrage não existiu.


Ou seja, em todas as suas operações, a EGA garante aos clientes Zero Demurrage.

 

A EGA já acumula mais de 12 mil containers movimentados nos últimos três anos, armazenados em áreas alfandegadas e transportados por diferentes modais, para cargas chegadas em SP, ES, SC, CE e BA.


A empresa opera em todo o Brasil, com frota própria inclusive rastreada, seguro com cobertura de até R$ 10 milhões por viagem, DTA e todos as licenças obrigatórias para a cobertura perfeita no atendimento aos clientes.

 

A empresa destaca-se pela inteligência e criatividade em buscar alternativas e soluções operacionais e comerciais.


Além disso, detém todo o processo de consultoria e logística integrada, desde o desenho do projeto de importação, exportação de cargas e armazenagem, sendo uma das operadoras com maior movimentação de cargas no País, que chega a mais de 60 mil TEUs ao ano.


Integra modais e desenvolve desenhos logísticos personalizados para cada tipo de carga, seja na corrente de importação ou na de exportação, contêineres, projetos especiais (OOG), Break Bulk e outros.

 

“Você tem certeza de que sua logística está sendo eficiente? Entre em nosso site para conhecer mais sobre nossos produtos e serviços, as vantagens de uma operação integrada e o que isso pode gerar de redução de Impostos, e chame um de nossos consultores para entender os melhores desenhos logísticos para sua carga. A EGA é inovação em soluções logísticas.

 


Fonte: Fotovolt

bottom of page