top of page

EDP e Sebrae promovem GD solar para empresas no Espírito Santo

Entre as iniciativas, está projeto da EDP de geração distribuída por autoconsumo remoto com usinas operadas pela empresa portuguesa.

O grupo português de energia EDP firmou parceria com o Sebrae - Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, do Espírito Santo, para promover programa de incentivo ao uso da energia solar no estado.


Imagem: Divulgação


Batizado de Potência Solar, o programa foi apresentado a micro e pequenos empreendedores capixabas em eventos realizados em três cidades do estado, Vitória, Linhares e Cachoeiro de Itapemirim, entre os dias 28 e 30 de março.


Faz parte do programa o projeto Solar Digital, desenvolvido pela EDP para oferecer soluções em energia solar por meio da geração distribuída, no modelo de autoconsumo remoto.


A ideia é oferecer condições diferenciadas e adesão simples para os participantes. São elegíveis clientes em baixa tensão com custos de energia mensal entre R$ 1 mil e R$ 10 mil.


Outro requisito para aderir ao programa é estar localizado na mesma área de concessão da usina que será construída e operada pela EDP.


O foco do Solar Digital são as pequenas empresas, que podem ter até 18% de economia nos custos com energia.


A parceria com o Sebrae-ES oferece ainda condições diferenciadas nas modalidades mercado livre varejista e atacadista.


No primeiro caso, as empresas têm redução nos valores cobrados para o serviço de gestão de energia, com desconto aumentado de acordo com a quantidade de unidades consumidoras cadastradas.


Já na modalidade atacadista, a EDP também oferecerá às empresas capixabas menores valores para a gestão de energia e para aquisição de certificados de energia renovável, os I-RECs.


Fonte: Fotovolt

bottom of page