top of page

Albioma vai construir novos projetos de GD

Empresa quer atingir portfólio de 100 MWp em várias áreas de concessão no Brasil, com solar e bioenergia.

A Albioma vai iniciar em breve a construção de novos projetos de geração distribuída solar e de bioenergia nas áreas de concessão em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, Ceará, Bahia, Minas Gerais e Pernambuco.


Imagem: Divulgação


A meta é chegar a 100 MWp, ampliando seu atual portfólio de 31,6 MWp.


Para alcançar seu objetivo, a empresa assinou um contrato guarda-chuva para o suprimento de 50 MWp em equipamentos, incluindo um modelo de tracker nacional elegível a financiamento por bancos de fomento.


Segundo comunicado, os novos projetos devem iniciar construção em breve para cumprir os prazos regulatórios de interconexão previstos na lei 14.300.


O investimento conta ainda com os trabalhos de assessoria financeira da Watt Capital, responsável pela análise de projetos do tipo GD I em geografias específicas.


As áreas de interesse para a viabilização de novos projetos são nas concessões da Energisa Mato Grosso e Mato Grosso do Sul; Enel Ceará; Coelba, na Bahia; na Cemig, em Minas Gerais, mas apenas na área da Sudene; Equatorial Piauí, em especial próximo a São João do Piauí; e na Celpe, preferencialmente próximo a São João do Belmonte, em Pernambuco.


Nessas áreas, o interesse é avaliar projetos a partir de 1 MW.


De acordo com o sócio-diretor da Watt Capital, Eduardo Tobias, a ideia é viabilizar clusters para capturar ganhos de escala na implantação e na gestão dos futuros ativos, dado que os projetos são individualmente pequenos.


Por essa razão, a Albioma busca projetos próximos de suas usinas operacionais fotovoltaicas e de bioenergia nos estados de Goiás, São Paulo, Pernambuco e Piauí, mas também blocos de projetos que viabilizem novos clusters.


Fonte: Fotovolt


bottom of page